segunda-feira, 18 de abril de 2011

Experiência Cultural: O Artista e a Liderança Emocional



"Sempre que subo ao palco para fazer música minha concentração está voltada para a receptividade do público.Isso porque a arte é uma manifestação coletiva, e a energia da música depende da sintonia estabelecida entre artista e público. Sem essa conexão, a manifestação artística é uma coisa morta."

Nesse post gostaria de contribuir com outro olhar sobre o texto acima, porém não deixarei de agregar informações colhidas nos demais temas que venho lançando junto com o Alê Barreto, acerca da experiência cultural e seus inúmeros benefícios para o bem estar e desenvolvimento humanos.

Pois bem, para transmitir a relação entre o artista e a liderança emocional vou formular o seguinte raciocínio:

O gestor de uma empresa, como exemplo, pode ser entendido como o profissional que lidera e gerencia processos e capital humano para alcançar determinada meta. Assim, lançando o foco no capital humano, sabemos que a equipe subordinada à liderança do gestor vai melhor desenvolver suas atividades e potencializar sua produção quando usufruir da oportunidade de compartilhar suas idéias para agregar valor à empresa.

Considerando essa hipótese, posso afirmar então que o modelo de gestão como orientação (pois aqui o gestor incentiva e conduz a capacidade criativa dos demais), onde os funcionários não são mais tratados como máquinas que cumprem determinada tarefa, mas sim como seres vivos pensantes e dotados de emoção, surgiu recentemente, em meados do século XX.

Até então tudo ok! Mas, o que isso tudo tem a ver com você?

O fato é o seguinte: a música e as demais artes já fazem uso desse raciocínio a centenas de anos!
Porém, a diferença é que o artista atua como gestor das emoções de seu público, fazendo com que as mesmas aflorem e se amplifiquem quando em contato com sua música ou arte.
Aqui a música tem um papel preponderante, ela estabelece ligações tão profundas que são capazes de gerar impactos psíquicos e emocionais em todos nós.

É por isso que a música está presente em quase todas as demais manifestações artísticas, culturais e mercadológicas.

Para exemplificar o que disse acima, selecionei a performance da artista ucraniana Kseniya Simonova, que produz animações com areia numa caixa de luz. Ela reproduz um filme de animação em tempo real, que dramatiza a invasão e ocupação da Ucrânia pela Alemanha, na segunda Gerra Mundial.

O destaque desse video, além da performance da artista, claro, vai para a trilha sonora. Sem esta, a primeira não teria a mesma capacidade de "hipnotizar" e emocionar a platéia.

É uma experiência e tanto!



Война from simonova.tv on Vimeo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário