domingo, 30 de janeiro de 2011

Zal Idrissa Sissokho e a Afro-Mandinga do Senegal



Zal Sissokho é um músico senegalês que toca a Kora, uma espécie de harpa africana de 21 cordas.

Seguindo a tradição cultural de Senegal, Zal aprendeu a tocar a Kora num processo oral que tem sido passado de pai para filho, até que decidiu aprofundar seu conhecimento musical. Esse processo se assemelha ao que ocorre no Brasil, em especial na cultura indígena, porém também com os cantadores e tocadores de viola e em diversas manifestações populares.
Além de tocar, Zal também canta nas línguas locais, que são o wolof (língua nativa do grupo étnico homônimo, falada em Senagal, Gâmbia, Guiné-Bissau, Mali, República Dominicana e Mauritânea) e a mandinga (língua africana do grupo mandê, falada em Senegal, Gâmbia e Guiné-Bissau).

Sua música, denominada Afro-Mandinga, possui um caráter festivo parecido com o que notamos em gêneros musicais no Brasil e na música latina, uma característica marcante desses povos.
Já a Kora é um instrumento fabricado artesanalmente e possui tímbre original.
Sempre que a ouço, fico fascinado pela sua sonoridade.


Seguem abaixo dois videos com performances do artista.










Um comentário:

  1. muito bacana! Gosto de conhecer coisas novas como essa. Muito delicado e bonito.

    ResponderExcluir