terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Toumani Diabaté's Symmetric Orchestra



A música do continente africano possui uma riqueza em sua diversidade comparável ao que notamos aqui no Brasil. Cada forma de expressão no continente é única e está diretamente atrelada a costumes, comportamentos e especificidades culturais e místicas de cada região.

No Mali, o filho de um dos mais notáveis instrumentistas de Kora (espécie de harpa africana) é Toumani Diabaté, quem seguiu o ofício do pai e hoje também é um dos músicos mais requisitados com relação à arte no instrumento.

Toumani segue carreira gravando e tocando com diferentes músicos ao redor do mundo, e aqui mostra um pouco da excência de sua música acompanhado de sua banda. Excelente trabalho, aprecie o show na íntegra!






Acompanhe as novidades do blog também pelo twitter: @fneves_violao

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

O que há no Brasil Império?



Histórias, fatos, costumes e música são os assuntos desta entrevista realizada por Fábio Neves, Elvira Menezes e Nicolly da Silva Barbosa para o programa EducAção, da TV Alerj. Na entrevista, o time de convidados fala sobre o período imperial brasileiro, a vida na cidade do Rio de Janeiro, e o que se pode conferir nos dias atuais sobre a época.

Num bate papo descontraído temos a oportunidade de conhecer mais sobre a nossa história e com isso entender um pouco melhor os rumos que são apontados para o futuro.








Acompanhe as novidades do blog também pelo twitter: @fneves_violao

Se faltarem palavras para exprimir os seus sentimentos, dance!



Pina Bausch foi uma das mais importantes artistas de artes cênicas da contemporaneidade. Criou coreografias que exprimem os sofrimentos, angústias e aspirações humanas. Algumas de suas coreografias se eternizaram e se transformaram em um canal para evidenciar conflitos humanos.






Acompanhe as novidades do blog também pelo twitter: @fneves_violao

domingo, 28 de janeiro de 2018

As Marias Cantadas por Milton Nascimento



Este documentário lança um olhar sobre a vida de diferentes Marias, Brasil afora.
Como o contexto sócio-político impactou a história de vida de cada uma delas, e como elas conquistaram autonomia e igualdade de direitos?

Trata-se de um retrato real sobre a vida da mulher no Brasil que nos ajudará a refletir sobre a diferença de gêneros, o mundo que queremos construir, e sobretudo, o preconceito e agressão que não admitimos mais.






Acompanhe as novidades do blog também pelo twitter: @fneves_violao

sábado, 20 de janeiro de 2018

The Art of Brazilian Music


Tão prazeroso como tocar uma música é se envolver em sua história.

Nesta gravação Tuninho e eu escolhemos uma música que aos poucos foi se desvelando pra gente. Começou com um trabalho de pesquisa de repertório pelo qual havia a intenção de escolher melodias de compositores brasileiros para serem executadas no formato instrumental de cítara indiana e violão 7 cordas.

Dentre as músicas que experimentamos achamos "Agora Vai", composta por Marcos Souza, Queca Vieira, Marcello Lessa, Paulo Heleno e pelo sociólogo Betinho (Herbert de Sousa).

Segundo Marcos, a música nasceu em uma noite na casa do Betinho, onde o grupo estava reunido. O tema da melodia foi sugerido pelo próprio Betinho ao violão, que o compôs em lembrança ao seu período de exílio fora do Brasil (primeira parte da melodia) e no momento do seu regresso ao país (segunda parte da melodia).

Por fim, a gravação foi efetuada em março/2017 através da 4ª edição do Projeto Estúdio Carioca, uma iniciativa do Centro Municipal da Música Carioca Artur da Távola, edição na qual fomos contemplados.






Acompanhe as novidades do blog também pelo twitter: @fneves_violao

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

As Luas de Marte - Luiz Brasil



"É uma pequena síntese de uma história de amor enorme, que começou cantarolando ao dar banho em minha filha Beatriz no seu primeiro aninho de vida, e que vem conquistando e agrupando pessoas incríveis à sua volta." (Luiz Brasil)


Assim, Luas de Marte nasceu de uma bela história. Toda as vezes que Luiz dava banho em sua filha recém nascida, Beatriz, ele deixava um gravador registrando as cantigas nas quais cantava para ela no momento do banho. E algumas dessas cantigas se transformaram nas músicas que foram incluídas no álbum.

Em seguida, com base em desenhos e histórias fantasiadas pela Bia (Beatriz), as letras foram criadas por Manu Lafer e os desenhos foram incluídos na arte visual do álbum.

Assistam ao making off e se apaixone. O projeto é maravilhoso!






Acompanhe as novidades do blog também pelo twitter: @fneves_violao